Massa Crítica natalícia

Foi ontem. Em Portugal houve no Porto, em Coimbra e em Lisboa.

A descer a Av. da Liberdade

Partimos do Marquês por volta das 18h45 (nessa altura alguém contou 35 pessoas). Desde o início contámos com a companhia da jornalista Carla Castelo e de um cameraman (não apanhei o nome), que participaram na MC até à chegada ao Rossio.

A Carla Castelo ia entrevistando o Miguel

A ideia penso que era arranjar footage para uma reportagem a emitir daqui a uns tempos, cujo mote foi a petição do João Branco pela inclusão das bicicletas na possibilidade oferecida pelo Governo de deduzir despesas com veículos não poluentes ou eléctricos no IRS. O cameraman era um “ganda maluco”, com a câmera ao ombro, a pedalar sem luzes nem reflectores (quase?), em contramão, etc. Não sei como não houve nenhum acidente. 😛 Ainda chegou a tentar uma alternativa, ir à boleia do Bruno, sentado no Snapdeck da Xtracycle.

Cameraman à boleia na Xtracycle do Bruno

Infelizmente não tínhamos connosco os Footsies nem o guiador extra, teriam dado jeito. 🙂

Descemos a Av. da Liberdade, e seguimos pela R. do Ouro (?), depois virámos à esquerda e voltámos para cima, onde parámos um bocado na Praça da Figueira, e alguém tirou umas fotos do grupo. Depois arrancámos de novo e percorremos a Av. Almirante Reis até cá acima a uma rotunda, na Praça do Areeiro. Aí tirámos mais umas fotos e arrumámos as 25 bicicletas + 1 triciclo lado a lado para ver o espaço que ocupavam:

26 veículos unipessoais no espaço ocupado por menos de 2 veículos automóveis penta-pessoais

Menos de 2 carros de 5 pessoas. 🙂

Houve um jogger que acompanhou a filha de 7 anos que seguiu de bicicleta, a partir da Praça da Figueira. E mais outra jovem participante de 8 anos, acompanhada pela mãe, que fez toda a Bicicletada. 🙂

Numa volta à tal rotunda do final, um carro da polícia abordou as pessoas que seguiam à frente, disse que tinham recebido uma chamada de alguém a dizer que “havia bicicletas a circular na via pública” e que tiveram que ir ver o que se passava. A minha resposta óbvia seria “so what, é lá que elas devem circular”. Os agentes disseram depois que tinham que ver se estavam todos sinalizados, e perguntou pelos coletes (ao que um participante respondeu que não eram obrigatórios). Será que se eu ligar cada vez que encontro um carro estacionado no passeio e noutros locais ilegais eles vão ver o que se passa?…

O resto das fotos aqui.

Esta entrada foi publicada em eventos, videos com as tags , , , , , , . ligação permanente.

1 Response to Massa Crítica natalícia

  1. guilherme lima diz:
    Internet Explorer 7.0 Windows Vista

    o “ganda maluco” manda-vos um abraço e compromete-se a tentar estar,
    sem camara, na próxima bicicletada.

    boas festas e um ano novo cheio de bicicletas
    guilherme lima

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.