Subtilezas da inconsciência

Neste tipo de situações, por que é tão raro ver a carrinha estacionar em paralelo, ocupando vários lugares de estacionamento, em vez de simplesmente “comer” os passeios? Por que é que, quase inconscientemente, respeitamos infinitamente mais as pessoas dentro de carros do que as que estão a pé?

É o paradigma cultural...

Esta entrada foi publicada em mobilidade, sociedade com as tags , , , , , , . ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.