Não se faz

Epá, há castigos mesmo desumanos… 😛 Até parece que ele matou alguém.

«Pirata «condenado» a usar Windows

Um americano que cumpriu pena de prisão por ter disponibilizado online um episódio da saga Star Wars antes da sua estreia nos cinemas terá agora que abandonar Linux e recorrer ao Windows se quiser usar o computador.

Scott McCausland, um antigo administrador de um servidor de torrents (ficheiros muito usados para pirataria na Internet), esteve preso cinco meses e cumpre agora outros tantos de prisão domiciliária.

A questão é que, durante este período, as autoridades vão monitorizar a actividade do seu computador pessoal. Mas a aplicação usada nestes casos pela justiça americana só pode ser instalada em Windows e McCausland é um utilizador de Linux.

McCausland já anunciou que vai contestar a medida, até porque o Windows tem que ser comprado e ele está desempregado (e, segundo diz, com poucas perspectivas de emprego devido à condenação).

O antigo pirata está, contudo, a recolher no seu site donativos para comprar o Windows XP ou Vista.»

Fonte: Público

Esta entrada foi publicada em Sem categoria com as tags . ligação permanente.

1 Response to Não se faz

  1. bluey diz:
    Mozilla Firefox 2.0.0.6 Ubuntu Linux

    Viva a desinformação e o copy/paste “jornalístico”. 😛

    Claro que o autor desse artigo está-se nas tintas para o que é o protocolo bittorrent e para que serve…

    http://pt.wikipedia.org/wiki/BitTorrent

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.