Free Range Kids

I was a Free Range Kid. 🙂 Safei-me à mania de prender os miúdos dentro de 4 paredes, de onde só saem para dentro de outras 4 paredes, fechados dentro de um carro. Foi uma conjugação de época, pais e local onde vivia. Tive espaço próprio, pude arriscar, aprender, testar. Tornei-me autónoma, desenrascada, responsável, organizada, cautelosa, curiosa. Desfrutei do imenso prazer de deambular por aí, de rua em rua, pelas casas e quintais de amigos e vizinhos, subi muitas árvores, pulei muitos muros, joguei às escondidas até à noite, conversei com amigos sentada no muro de minha casa, e no dos outros. Construí cabanas. Brinquei com carrinhos na terra. Corri pelo meio das ervas, nos campos. Andei de bicicleta por todo o lado. Partilhei com amigos descobertas, riscos, medos, aventuras, crises, problemas. Tudo na rua. Tudo sem câmaras de vigilância nem pais a controlarem-me via telemóvel nem guarda-costas.

Isto para falar deste artigo, que originou este site.

Vivam os Free Range Kids! 🙂

Esta entrada foi publicada em sociedade com as tags , , , , . ligação permanente.

5 Responses to Free Range Kids

  1. Jorge diz:
    Mozilla Firefox 2.0.0.13 Windows XP

    É por estas e por outras que me dá vontade de largar tudo e fugir para uma aldeia perdida numa qualquer serra do interior, onde o meu filho pudesse andar livremente de bicicleta com os amigos… e o pai também ;-).

    Eu comi terra, caí das arvores, andei manhãs e tardes inteiras desaparecido pelos montes sem que os meus pais precisassem de se preocupar.

  2. bluey diz:
    Mozilla Firefox 3.0b5 Linux

    Pois, as tendências são pouco animadoras: câmaras na escola….

    Algo perfeitamente enquadrado: One Nation Under CCTV.

    E pela ganância de alguma pessoas os níveis de segurança caiem abruptamente, ou seja, as pessoas pobres pela falta de investimento nas suas terras vêm para a cidade à procura de trabalho, não encontram, criam guetos, e a solução de alguns é entrar no crime. Sugiro a visualização do documentário: Manda Bala (que por si não é nada do outro mundo mas que fala um pouco deste problema).

    :-\

  3. Pingback: Free Range Kids - o vídeo at b a n a n a l o g i c

  4. Pingback: Keepin’em on a short leash at b a n a n a l o g i c

  5. Pingback: Free Range Kids em livro at b a n a n a l o g i c

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.