Para que serve a utopia

Se não nos deixarem sonhar, nos os deixaremos dormir.

A utopia está no horizonte, e eu sei muito bem que nunca a alcançarei, que se eu caminho 10 passos, ela se afastará 10 passos, quanto mais a procure menos a encontrarei, porque ela se vai afastando à medida que eu me aproximo. Boa pergunta, não? Para que serve? Pois, a utopia serve para isso, para caminhar.

Fernando Birri, citado por Eduardo Galeano

Via

O que mais me dói neste contexto de crise é que enche as pessoas de medo, e quem tem medo não sonha, quem tem medo não realiza sonhos. O medo paralisa-nos, deixamos de tentar alcançar a utopia, e deixamos de caminhar.

A realidade de hoje foi a utopia de ontem. A utopia é simplesmente um lugar aonde ainda não chegámos. Continuemos a caminhar!

Esta entrada foi publicada em sociedade com as tags . ligação permanente.

Uma resposta a Para que serve a utopia

  1. Niagara diz:
    Google Chrome 16.0.912.77 Windows XP

    Não. A crise não enche as pessoas de medo. As pessoas têm medo, porque querem viver numa redoma, debaixo de uma asa protectora, não querem sair, não querem descobrir, vão para Punta Cana para um resort isolado do mundo real mas não vão a Machu Picchu porque se pode morrer pelo caminho, saem de bicicleta com um GPS às costas, barrinhas energéticas e telemóvel para vinte quilómetros depois estarem de volta a casa. Fazem 500 mts de carro porque está a chover, demasiado sol, demasiado frio ou demasiado calor, reservando apenas a gama entre os 20º e os 25º para sair à rua a pé – mas só se não estiver a chover. A crise não nos enche de medo – na realidade somos uma cambada de covardes que estamos sempre a olhar para o lado, sempre à espera que alguém avance primeiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.