Massa Crítica de Julho em Lisboa

Massa Crítica de Lisboa - Julho 2010 Massa Crítica de Lisboa - Julho 2010

A minha 1ª Massa Crítica em Lisboa já como munícipe! Agora sou mesmo “lisboeta”, nasci aqui e moro aqui. 😛 Uns 10 min para chegar ao Marquês e uns 30 min para regressar a casa. Em vez de 60 e 90 min, praí, respectivamente, que levava quando vivia em Porto Salvo, Oeiras.

Massa Crítica de Lisboa - Julho 2010

Quanto mais ando de bicicleta por Lisboa mais me apercebo do grave problema de manutenção do piso das ruas e estradas da cidade. Este é um problema sério em termos de segurança e conforto dos ciclistas que não têm na bicicleta a estabilidade e a suspensão de que desfrutam num carro. Os automóveis suportam (a nível de segurança, conforto e velocidade) um nível de degradação do piso muito maior que as bicicletas.

Mas adiante. Éramos cerca de 35 pessoas, mais ou menos. Havia uns estrangeiros, umas pessoas com crianças em caderinhas, umas caras conhecidas e outras nem por isso. Foi um passeio tranquilo e pacífico que terminou no renovado e mui agradável miradouro Botto Machado.

Miradouro

O resto das fotos aqui.

Em Agosto há mais!

Chillin'

Como nota à parte, foi com muito prazer que reparei que, na caravana ciclista para Sines, onde estavam alguns Massacritiqueiros lisboetas que terão ido também engrossar a Massa Crítica de Sines com o pretexto de irem a um festival ;-), estava a primeira longtail DIY que vi em Portugal! 😀 Uma excelente aplicação das bicicletas do Lisboa Bike Tour. 😛

Caravana Ciclista para Sines - Melão em Azeitão

Recentemente soube também de um projecto similar do brasileiro Luís Franz. 🙂 Talvez adoptar a expressão “cauda longa” seja mesmo a melhor opção para traduzir “longtail“.

Para outros eventuais adeptos do faça-você-mesmo interessados em construir uma bicicleta de cauda longa, podem começar por este tutorial.

Esta entrada foi publicada em eventos, mobilidade com as tags , , , , , . ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.