De bike até à FCT

A minha vida tem andado um bocado caótica. Pelos blogs parece que morri, mas simplesmente não tenho tido tempo nem cabeça para escrever seja o que for não-relacionado com algum trabalho URGENTE… :-\ Ainda me vou mantendo informada, e,bora alguns feeds tenham acumulado porque não consegui dar vazão. Mas vou recuperando pouco a pouco. Este ano não tive férias de Verão. Não houve praia. Não houve viagens. *sigh* Espero que 2009 me sorria mais que 2008, que eu sou uma gaja decente e acho que mereço. 😉

Amanhã tinha um serviço previsto que foi adiado 1-2 semanas, pelo que afinal vou poder ir ao debate na FCT:

14H30
Debate “Promover a bicicleta como modo de transporte: Acessibilidade ciclável ao campus universitário da FCT”
Auditório da FCT/UNL, Caparica
O Plano Almada Ciclável e a importância da bicicleta como modo de transporte nas deslocações quotidianas. Discussão de medidas e políticas que favoreçam o seu uso.
Organização: FCT/UNL, CMA e AGENEAL

Também gostava de assistir a isto, mas não vou poder, terei que regressar ao trabalho em Oeiras. :-\

17H30
Apresentação da Ciclovia Virtual Trafaria – Costa da Caparica
Auditório da FCT/UNL, Caparica
Um simulador que percorre o eixo ciclável que liga o cais fluvial da Trafaria à frente urbana de praias da Costa da Caparica, dando a conhecer as calorias dispendidas e as emissões de CO2 evitadas.
Organização: CMA e AGENEAL (Projecto europeu EIE “STREAM”)

Claro que quero aproveitar para fazer um pouco de visita de estudo (e desta vez é mesmo contextualizada com o propósito da viagem!). Assim, vou experimentar a multimodalidade: bicicleta + comboio + barco + bicicleta. Inclui co-modalidade pois a bicicleta irá sempre comigo dentro do comboio e do barco.

De Porto Salvo a Paço de Arcos (estação da CP) irei de bicicleta, a pedalar. Uns 15 min para fazer 5 Km (leva-se o mesmo de carro).


View Larger Map

Depois apanho o comboio com a bicicleta e sigo até ao Cais do Sodré (20 min) onde apanharei ali ao pé o barco para Cacilhas (estranhamente, indicam os horários de partida mas não há referência à duração das viagens…, estimo 15 min, talvez).

Daí irei novamente a pedalar até à faculdade, de Cacilhas até ao Monte da Caparica. Uns 7 km que espero conseguir fazer bem em 20-30 min (considerando que será a primeira vez que farei o percurso).


View Larger Map

Outra alternativa a testar será sair sair em Belém e apanhar o barco para a Trafaria, é muito menor a distância. Mas Belém não tem acessos sem ser por escadaria e a minha bicicleta deve pesar uns 24 kg, e as recordações que tenho da estrada depois até ao Monte não me inspiram muita confiança e eu quero ir mais no relax. Outra hipótese seria apanhar a linha de Sintra, sair em Campolide e apanhar o comboio da Fertagus, saíndo depois no Pragal e continuando de bicicleta. Mas ir daqui até Queluz é infinitamente mais difícil que ir até Paço de Arcos.

A empreitada deve levar-me um total de 1h45, mais ou menos. E outro tanto para regressar. Se fosse para fazer isto diariamente tinha que limar a estratégia para cortar ali 40 min.

Bom, logo se vê como corre o dia amanhã. Será bom sair um pouco “em passeio” e respirar um pouco, e andar de bicicleta!, raios que isto tem sido muito indoor ultimamente. 🙂

Claro que convém ter bicicleta. Neste momento o Bruno ainda anda de volta da minha, pôs-se lá a fazer um upgrade às mudanças… 🙂

Esta entrada foi publicada em mobilidade com as tags , . ligação permanente.

5 Responses to De bike até à FCT

  1. Internet Explorer 7.0 Windows XP

    Ana
    apanhar o Comboio da Fertagus até ao Pragal seria com certeza a melhor opção para margem sul, já que ganharias tempo no trajecto até à faculdade, isto não contando com a contrariedade da ida até Queluz como mencionaste.
    O Trajecto via Belém não aconselho, porque da Trafaria até ao Monte, seria o prémio da montanha, para além se ser uma estrada muito fechada.
    Opta sim com tempo ir por Cacilhas, segue o trajecto do Metro de superfície que vais directo até á FCT/UNL.
    Gostaria de estar presente, até porque estou relativamente perto, mas como estive trabalhando de noite fica muito difícil.
    Aguardo o feedback da iniciativa aqui no teu Blog.

    Um bom dia!

  2. Internet Explorer 7.0 Windows XP

    E ires de bicla até ao Cacém? E aí apanhares a linha de Sintra?? Uma ciclovia ao longo da via rápida é que era!

  3. Internet Explorer 6.0 Windows XP

    Também fico curioso com o resultado. Para sair de Porto Salvo é a descer, mas no regresso…

    Boa sorte!

  4. Pingback: Relato de uma mini visita de estudo at b a n a n a l o g i c

  5. Jose Martins diz:
    Google Chrome 2.0.172.39 Windows XP

    Boas,

    Sei que este blog é antigo, mas dou a contribuição na mesma.

    O Barco de Belem-Trafaria, pára em Porto Brandão, que é muito mais vantagoso do que ir à Trafaria, para quem vai para a FCT. (subida de 1,5Km onde deves parar apenas nas primeiras vezes)

    Em Paço de Arcos, e nao apanharia comboio nenhum, pois o caminho de bike até à estação Fluvial de Belem faz-se em 15 minutos.

    Eu faço Charneca da Caparica – Miraflores, todos os dias para o trabalho desde maio de 2008.

    Boa sorte

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.