get lucky

Estou curioso com o que parece vir aí dos Daft Punk. Quanto à ‘hype’ que eles pretendem e conseguem criar, se conseguir tirar atenção a coisas como o PSY, é sempre bem vinda. :-)

Com a atenção que a sonoridade funk tem tido ultimamente (li que abriu um bar dedicado à época do funk na LX Factory, com pretensão de estúdio no futuro e tudo, muito fixe! Funky: Site | Facebook/Funky.LxFactory), diria que este single ‘get lucky’ encaixará perfeitamente em muitas orelhas d’hoje. A minha diria que já está tomada pela minhoca musical, que neste caso deve ser mecânica. :-P

Também achei engraçado o facto de alguém ter notado que acelerando a música, esta fica muito próxima de algo que o Michael Jackson poderia ter criado. Estão alguns exemplos no YT.

Fico à espera de poder ouvir o álbum: Random Access Memories

construir sobre o simplenZAR, um step sequencer para arduino

Depois de usar vários programas diferentes para criar música, desde uma conjugação de programas diferentes ligados pelo jack, a alguns DAW mais ou menos complexos (neil modular tracker foi o que usei mais tempo), queria montar um sistema baseado em hardware totalmente focado na improvisação.

Para começar a juntar o material para este projeto, queria começar por montar um sintetizador, e foi o que fiz há algumas semanas com um kit meeblip micro. A montagem foi pacífica, e como não tinha ainda forma de tocá-lo, andei à procura ou de um interface para usar com algum software, ou de uma forma de o tocar com outra solução de hardware. Encontrei nessa altura o simplenZAR, e decidi tornar o projeto seguinte a montagem de um clone do simplenZAR.

Não correu como esperava, dado que o código era para uma versão anterior do IDE do arduino, e precisou de alguns retoques. Depois parecia que nunca conseguia comunicar com o meeblip por MIDI, ou não havia comunicação, ou o som que saía não era o que esperava. Aprendi que carregar o sketch no arduino com o pin 1 ligado ao MIDI do meeblip era uma má ideia, e causava com que o meeblip ficasse com os parâmetros errados, e daí o som sair diferente do esperado! :-P

Depois deste processo todo e de ter o simplenZAR montado e a funcionar (e de ter que fazer o flash do meeblip algumas vezes), comecei a modificá-lo para o tornar mais próximo do que procurava.

Atualmente mantém os modos de 8 passos, 16 passos, ou 8 passos mais 8 passos de slide para as notas todas. Adicionei-lhe mais 2 botões para poder ligar e desligar nota a nota sem entrar no menu, e definir o pitch da nota também sem entrar no menu, e o tempo de espera (ou a velocidade com que avança para o passo seguinte) também é definido sem entrar em nenhum menu.
Mudei o modo de espera do delay original para a utilização da função millis(), que deixa mais espaço para fazer mais coisas.

Algumas coisas que quero implementar de seguida:

  1. mudar a direcção do sequenciador
  2. tempo variável (alguns modos de tempo variável para os passos)
  3. arpeggios

Outras possibilidades:

  1. tap tempo e/ou
  2. midi sync
  3. passar os leds para o shift register e passar para 16 passos
  4. outras coisas que me lembre entretanto :)

Assim que tenha possibilidade coloco o código num repositório qualquer para ser mais fácil manter atualizado com o que for alterando.

O meu avançando centro de controlo num pedaço de cartão ;-) :

Depois tiro mais fotografias decentes ao que tenho feito até agora.

O código que tenho até ao momento blueSTEP.

O nome deve mudar um destes dias. Assim que chegue a uma versão do código mais estável, ou assim que faça um shield para o arduino com o circuito final (espero já ter atualizado o circuito para usar shift registers nessa altura).

audiolib no hacklaviva no Porto

Amanhã será algo muito parecido com isto que se vai poder ouvir no evento audiolib a começar às 21h30 no hacklaviva:

Acordado Vivo

O Ricardo Lameiro vai mostrar como soa a conjugação do seu Fagote com o software Pure Data. (que será melhor do que o que eu vou fazer :P )

*snif* parece que o Ricardo não pode estar lá amanhã… Mas no sábado o Ricardo e o Rui vão lá estar à tarde à conversa. :)

azulinho

Silence is Sexy on Fire? Frets on Silence?

Depois do tão falado lançamento do álbum This Ain’t Hollywood, so faltava os Silence is Sexy lançarem uma versão adaptada do Frets On Fire com um dos mods que suporte vários instrumentos e as canções todas preparadas… Que tal? :-]

<a href="http://silenceissexy.bandcamp.mu/album/this-aint-hollywood">Come Back To You by Silence is Sexy</a>