Tram (“Eléctrico”) com bateria de lítio de carga rápida

tram-rtri.jpgO Instituto Técnico de Investigação sobre os Caminhos de Ferro (RTRI) de Tokyo, responsável por estudos e consultadoria nesta área desde 1987, desenvolveu um sistema de baterias para os Tram à base de lítio com capacidade para propulsionar o veículo a 45km/h, durante 15 minutos. Por si só estes números não são nada de especial, mas se se considerar que o sistema permite que as baterias carreguem em cerca de 60 segundos, que o sistema de regeneração de energia nas travagens pode fornecer cerca de 70% dessa energia em electricidade e ainda que o veículo com esse sistema é 10% mais eficiente que os Tram em utilização, temos algo bastante interessante. 🙂

Um sistema destes permite também reduzir custos de implementação nas linhas, já que estas deixam de necessitar de linhas contínuas de abastecimento de energia, sendo talvez suficiente que este reabastecimento seja feito nas paragens, partindo do pressuposto que as baterias não sofrem de efeitos significativos de memória, algo que é alvo da investigação do RTRI, sendo um dos seus projectos de investigação um sistema de armazenamento de energia com baixo efeito de memória à base de condensadores e baterias.

electrico_ic19.jpgEste seria sem dúvida um sistema perfeito para a linha de “eléctrico” Sintra-Portela a ser implementada no IC19-2ªCircular (aproveitando o alargamento do IC19) num universo paralelo em que há coragem política para mudar o paradigma de transportes de Lisboa. 😛

Este desenvolvimento faz parte do contínuo estudo do instituto para aumentar a eficiência e segurança deste tipo de transporte, bem como procurar soluções de energia alternativa, tendo também desenvolvido estudos no âmbito da utilização de pilhas de combustível à base de hidrogénio.

Curiosamente não encontro referencia a este desenvolvimento no âmbito da carga rápida de baterias nos resumos dos artigos publicados pelo RTRI, além de um artigo de 2004 sobre a adequação das baterias de lítio para armazenamento de energia em veículos deste género (PDF EN e JP).

Os locais onde encontrei esta referência à rapidez de carga das baterias não apresentam ligações para informação oficial.

[Via /.]

Publicado por

bluey

Ah e tal, qualquer diferença entre isto e a realidade não é pura coincidência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*