Acidentes de bicicleta e Software Livre

Em Março Richard Rauch, um contribuidor do NetBSD teve um acidente, tendo sido atropelado na sua bicicleta, por um condutor embriagado. Esta semana, outro contribuidor para o Sotfware Livre, Rob Levin, responsável pela rede de IRC freenode, utilizada para manter comunicação em imensos projectos de Software Livre, sofreu um acidente idêntico (neste, não existe indicação sobre o estado do condutor).

Os acidentes de automóvel são demais, tomados como inevitáveis, banalizados pelos media. Porque é que as cidades não são construídas com uma base na mobilidade sustentável? Porque é que os media aparecem em directo a entrevistar o Isaltino sobre a sua casa apreendida, mas não o fazem quando ele negligência a maioria da população há mais de uma década, com a sua política de mobilidade inexistente?

Os media não servem para mais que veicular e alimentar o escândalo e a má língua, e falham em falar nas coisas que realmente são importantes. Especulação imobiliária, cegues dos responsáveis camarários, urbanismo míope. Que dizer de urbanistas que não saem do seu gabinete? Que dizer de localidades com poucos km de distância, desconexas, sem um passeio, onde as pessoas são obrigadas a andar na estrada, onde as paragens são postes perdidos no meio da estrada? Que dizer de paragens edificadas que não protegem da chuva e do sol, onde não existe um banco, ou é tão pequeno que só alberga duas pessoas? Os responsáveis não usam os meios que governam, e quando vão a qualquer lado de chauffeur, ou de carro, sofrem de visão em túnel.

Sad.

Publicado por

bluey

Ah e tal, qualquer diferença entre isto e a realidade não é pura coincidência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*