Bicicletas e outras coisas

Há dias fui à Loja do Cidadão nas Laranjeiras e reparei nisto na porta do Centro Comercial contíguo:

Proibida a entrada a bicicletas Proibida a entrada a bicicletas

Foi a primeira vez que vi um sinal a proibir explicitamente a entrada de bicicletas num edifício. Vou assumir que sejam as bicicletas normais (“grandes”), o que até compreendo. Só gostava que da mesma forma que sentiram necessidade de lá pôr este sinal (devem ter tidos pessoas a querer levar pra lá as bicicletas) e se deram a esse trabalho, tivessem colocado cá fora estacionamento para essas mesmas bicicletas… Ontem voltei lá e presenciei a chegada praticamente em simultâneo de duas pessoas em bicicleta, que foram ao Pingo Doce, um supermercado contíguo ao tal Centro Comercial…

IMGP9413.JPG IMGP9415.JPG

IMGP9414.JPG IMGP9416.JPG

Há procura. Se lá pusessem o tal parque de estacionamento para bicicletas (que serviria o supermercado, o Centro Comercial e a Loja do Cidadão!) incentivariam mais utentes a deslocarem-se para aquela zona de bicicleta e não de carro, aliviando a pressão sobre o espaço para estacionamento…

Há uma semana fui à FCT tratar de umas coisas e vi algumas mudanças. O Metro Sul do Tejo já chega ao campus e há uma estação chamada “Universidade”. 🙂 Na altura ainda havia obras em curso mas penso que entretanto aquilo já foi inaugurado.

Obras do MST Metro Sul do Tejo

A paragem de autocarros junto à entrada principal da faculdade continua a vergonha que sempre foi. Não é diferente de todas as outras paragens, mas podia ser diferente, a FCT podia oferecer melhor aos seus alunos e utentes, já que a Câmara não o faz.

Afinal, para quem vai de carro há estacionamento livre, ordenado, com bons acessos e bom piso.

Que outra faculdade em Lisboa tem estas condições para os alunos que levam o carro para o campus?...

Tudo gratuito. Quem vai de transportes públicos fica à espera em pé e se se quer. Ao frio, à chuva, ao sol, ao calor, ao vento. Com os livros e os portáteis às costas. Não se admite isto, pá. Não tem que ser assim, porra… [Agora vai haver uma remodelação das regras de estacionamento e acessos ao campus, coisa que tem suscitado debate no fórum da faculdade.]

Há uns anos que a FCT instalou uns racks para bicicletas no campus. Discordo do modelo por que optaram e até mesmo da localização de alguns desses racks. As escolhas dos ciclistas corroboram a minha opinião…

Eu também nem hesitaria. A escolha é óbvia. A escolha óbvia para qualquer ciclista

Alguns spots parecem nunca ter bikes.

Parque vazio. Mau local, havia opções melhores.

E este… bom, espero que este desastre não tenha apanhado ninguém! 🙁 É preciso ter pontaria, e azar.

Fosga-se!!

Esta entrada foi publicada em mobilidade com as tags , , , , , , , . ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.