Auto Green-Washing

Têm notado a crescente “ecologicação” dos automóveis nos anúncios televisivos e na imprensa?

imgp6993.JPGimgp6994.JPG

Vender-nos um automóvel (mesmo com a crescente reciclabilidade dos materiais, e melhores eficiências de combustível e de controlo de emissões poluentes) como sendo “amigo do ambiente” e “ecológico” é, no mínimo, gozar com a nossa cara. O motor de combustão interna e os carros de 5 lugares por default são conceitos obsoletos e sem sustentabilidade a nível social, ambiental e económico.

Criei um set no Flickr só para colocar as pérolas deste género que for encontrando e documentando… 😉

Por outro lado, criei outro para o mesmo fim, mas para reunir exemplos da bicicleta utilizada na publicidade e aparecendo noutros media.

Quem tiver exemplos e os quiser partilhar, pode enviar-mos que eu ponho online. 🙂 Ou então uploadá-los para as suas próprias contas, quem sabe criamos um grupo para reunir todas as imagens recolhidas? 🙂

Esta entrada foi publicada em ambiente, imprensa, mobilidade, produtos, sociedade com as tags , , , , , . ligação permanente.

2 Responses to Auto Green-Washing

  1. Marcelo diz:
    Internet Explorer 7.0 Windows XP

    Se aí é assim, imagine quantos anos estamos atrás aqui no Brasil.
    Sem dúvida, a campanha que mais enfatiza o lado “ecológico” de um automóvel é o do Ford Eco Sport (até o nome é ecológico, como se fosse possível um monstro desses ser classificado dessa forma).

    A campanha não está mais na televisão, mas o site da empresa ainda mostra o carro defronte a cachoeiras, florestas, praias… e pode ser visto nesse link: https://www.ford.com.br/sr_ecosport_default.asp

    Abraço

  2. Mozilla Firefox 2.0.0.6 Windows Vista

    o marketing é como a cozinha, um bom cozinheiro retira belas frases como “divinal” num cozinhado de restos da semana passada… marketing é o “comer com os olhos”… e é uma profisão apaixonante! 😛

    mas mesmo assim, antes assim que vender GTi’s e afins que só poluem o ambiente… se podemos fazer o mesmo e poluir muito menos… melhor, mas agora, não queiras que o país europeu com maior indice de taxa de mortalidade de estradas, passe todo a andar de “bina” não é 😉

    isso não é a Dinamarca, hihihi

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.