“Magnetic resonance imaging of male and female genitals during coitus and female sexual arousal”

O Bruno stumblou-me isto há uns tempos. Ficou nas 500 tabs do Firefox que vou acumulando “para digerir” quando tiver tempo (geralmente nunca o venho a ter).

Não sei se já explicitei isto alguma vez, mas o sexo é dos meus temas preferidos. Não estou a falar de uma perspectiva de conversa de café, tipicamente masculina e brejeira. Estou a falar do ponto de vista científico, social/sociológico, emocional, etc. Acho todo o tema da sexualidade e afectividade fascinante. E também as diferenças entre os géneros. Devoro todos os documentários que apanho sobre o tema e tenho vários livros sobre isso. Alguns ainda estão há espera de tempo, só cheguei a folheá-los de vez em quando, um bocado “na diagonal”. Mas gosto imenso de livros e tenho dificuldade em me controlar e não comprar algo que me apaixona mesmo que saiba que não tenho tempo para ler aquilo. 😛 Mas ando melhor ultimamente (também tenho ido menos vezes a feiras e livrarias…).

Bom, anyway, fiquei muito surpresa ao descobrir que o genial Leonardo da Vinci pensava que o sémen descia do cérebro, através de um canal na coluna vertebral do homem, e que na mulher, havia um tubo “lácteo” que originava no seio direito e terminava na área genital…

What is already known on this topic:

It has been extremely difficult to investigate anatomical changes during the act of coitus and the female sexual response.

Modern magnetic resonance imaging allows exploration of aspects of living anatomy.

What this paper adds:

Taking MR images of the male and female genitals during coitus is feasible.

During `missionary position’ intercourse the penis has the shape of a boomerang.

During female sexual arousal without intercourse the uterus rises and the anterior vaginal wall lengthens.

The size of the uterus does not increase during sexual arousal.

Esta entrada foi publicada em ciência, mulheres com as tags , , . ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.