Polícias & bicicletas

Polícias em bicicleta: Cá por estes lados sei que há polícias a fazer patrulhas em bicicletas, nomeadamente no Verão, em zonas turísticas de praia. Eu acho que este tipo de patrulhamento poderia e deveria ser alargado a mais zonas e a mais alturas do ano. É mais barato, mais versátil e mais saudável do que andar de carro ou de mota. É uma presença policial de proximidade. Até se poderia criar uns programas de vigilância civil à base de voluntariado. Imaginem, um programa em que cidadãos poderiam receber formação, uns walkie-talkies para comunicar, uma bicicleta, e um vestuário identificativo (tipo colete e boné/capacete). Podia funcionar numa base totalmente não remunerada mas em troca o "vigilante" poderia usar a bicicleta no seu dia a dia, enquanto colaborasse com o programa. Podiam fazer rondas em grupos de 2 elementos, onde poderiam ser dissuasores de vandalismos, roubos, etc, poderiam chamar de imeadiato ajuda quando detectassem distúrbios ou acidentes, poderiam ajudar as pessoas (turistas e não só, indicar ruas, onde fica a farmácia, etc). Os putos adoram andar de bicicleta, imaginem poder fazê-lo e simultaneamente prestar um serviço útil à comunidade? 🙂

Eco-Mile:Que tal ir de bicicleta para os jogos do Mundial? E estacioná-la num sítio próprio com direito a seguro e tudo? 😉

Esta entrada foi publicada em mobilidade com as tags . ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.